Quanto tempo eu preciso estudar no Canadá para ficar fluente no inglês?

A pergunta acima é a dúvida mais comum entre os brasileiros que planejam estudar no Canadá. Ao certo, não há resposta única e definitiva para a pergunta. Pode-se dizer que há diversas váriáveis que influenciam no grau de aprendizado do inglês. Para isso, preparamos para você um guia rápido com os 5 mandamentos fundamentais de como tirar ao máximo proveito de seu curso de inglês no Canadá.

Mandamento 1  – Estude antes de vir

Venha para o Canadá já tendo uma boa base no inglês. Quanto maior for o seu conhecimento prévio da língua, menor será o tempo e o dinheiro gasto no intercâmbio. Para isso, pegue aquele livro de inglês do colegial e dê uma boa revisada em tópicos como verbo To be e nos tempos verbais (Past, Present e Future).

Mandamento 2  – Faça amizades com estrangeiros

Fazer amizades com estudantes estrangeiros é fator chave para pegar fluência. Evite andar somente com brasileiros para não ficar falando em português. Grande parte dos estudantes de inglês em Vancouver são coreanos e japoneses. Eles geralmente são muitos simpáticos e curiosos sobre a cultura brasileira – especialmente em assuntos relacionados a futebol, samba e churrasco.

Mandamento 3  – Evite morar com brasileiros

Na hora de escolher sua moradia prefira locais com estudantes que não falam português. Morar com brasileiros pode atrapalhar bastante o aprendizado do inglês. Uma dica valiosa é morar os primeiros meses em homestay (moradia em casa de família). Na homestay você somente se comunica em inglês, uma vez que a família é canadense.

Mandamento 4  – Estude fora do tempo de aula

Reserve um tempinho após a aula para revisar o que foi visto no dia. Isso ajuda principalmente na parte de gramática (regras, listas de verbos e estrutura de frases). Outra dica útil é assitir filmes, ouvir músicas e ler jornais em inglês. Mesmo que você não entenda tudo no começo, o exercício irá ajudar a tornar o inglês mais familiar aos seus ouvidos.

Mandamento 5  – Deixe a timidez de lado

Não basta estudar e fazer a lição de casa. Os alunos que desenvolvem mais rápido o inglês são geralmente aqueles que arriscam mais a falar a língua. O clichê “errando que se aprende” faz todo o sentido nesse caso. Não tenha medo de falar errado pois esse é o melhor caminho para ficar afiado no inglês.