A temporada de Verão está chegando em breve. Em menos de 3 meses, os parques e praias de Vancouver estarão repletos de estudantes e turistas. Para quem está vindo, o Vancouver para Brasileiros elaborou um guia com as 10 coisas que você não pode deixar de fazer e visitar na cidade.

1 – Andar de bicicleta no Stanley Park

Conheça de bicicleta o Stanley Park, o principal parque de Vancouver. O Stanley oferece uma calçada para bicicletas e patins que vai beirando o mar. São quase 10 quilômetros de passeio com vista imperdível.

Quanto custa?

O aluguel de uma bicleta custa entre CA$ 5 a CA$ 7 por hora.

Onde alugar?

A maioria da locadoras de bicicleta ficam a uma quadra do parque, próximas ao cruzamento da ruas Georgia e Denman.

Link externo – http://www.vancouverbikerental.com/

2 – Passear de barquinho no False Creek

O False Creek é um braço de mar na região entre a English Bay e o Science World. A travessia de Downtown até o outro lado do mar pode ser feita por um sistema de pequenos barcos, os chamados “Aquabus”. Assim, você pode ir de barco para lugares como a Grandville Island (principal mercado da cidade), o Planetário ou ainda a bonita região de Kitsilano Beach.

Quanto custa?
A viagem de ida e volta custa CA$ 5 por pessoa.

Onde pegar o barco?
Siga até o final da Burrard Street, em direção sul, ou seja oposta as montanhas. No final da rua, antes da ponte, há um ponto para pegar o barco (em frente à piscina pública).

Leia mais – Granville Island

Link externo – www.theaquabus.com/

3 – Fazer picnic em Kitsilano Beach

A Kitsilano é a praia mais badalada de Vancouver. No Verão fica lotada de gente. O local conta com piscina pública aquecida, lanchonete, restaurante com vista para o mar, quadras de tênis e basquete. Além disso, você ainda pode fazer um picnic num gramado coberto com árvores de frente para o mar.

Como chegar?
Pegue o ônibus número 32 (Dunbar) em frente à estação de metrô Burrard. A passagem custa CA$ 2,50 por pessoa (pagamento somente em moedas, no valor exato). Veja detalhes da rota aqui – http://www.translink.bc.ca/bus/50/routemap/r032.pdf

Leia mais – YES, Eles tem Praia!
Link externo – http://vancouver.ca/parks/rec/beaches/kitsb.htm

4 – Conhecer West Vancouver

West Vancouver é um dos lugares mais chiques e bonitos da cidade. Há um calçadão onde há belos prédios e casas de frente para o mar e com bela vista para o Stanley Park e Lions Bridge (ponte suspensa que liga o centro à região oeste de Vancouver). Uma curiosidade: não são permitidos animais de estimação no calçadão. Para isso, a administração local construiu paralelo ao calçadão uma pequena calçada exclusiva para cachorros.

Como chegar?
Pegue o ônibus número 253 (“CAULFEILD/Vancouver/Park Royal) nas proximidades da estação de metrô da Granville. A passagem custa CA$ 3,75 por pessoa (pagamento somente em moedas, no valor exato).

Link externo – http://www.westvancouver.net/

5- Passeio e compras na Robson

A Robson Street é um dos principais regiões comerciais da cidade. A principais lojas de roupas, CDS/DVDs e eletrônicos estão nesta rua. Se você precisa comprar um laptop ou IPOD vá na Future Shop. Para comprar filmes e discos não deixe de visitar a HMV. A Robson Street conta ainda com uma variada gama de restaurantes, pubs e sorveterias.

Leia mais – Robson para Todos!
Link externo  – http://www.robsonstreet.ca/

6 – Viajar para Victoria

Reserve um final de semana para ir a Victoria – a cidade mais antiga e capital da Província de British Columbia. Victoria dispõe de praias limpas e seguras, belos prédios históricos e variadas opções de lazer e entretenimento. Detalhe: Victoria está localizada numa ilha. Para chegar lá a partir de Vancouver é preciso pegar um ferry, numa viagem inesquecível pelas belas águas da Costa Oeste canadense.

Leia mais – Guia de Victoria
Link externo – http://www.tourismvictoria.com/

7 – Conhecer a Granville Island

A Granville Island é a região que fica entre as pontes Granville e Burrard. A principal atração é o Mercado Municipal, que conta com dezenas de restaurantes e lojas de comida. Não deixe de conferir lá a deliciosa sopa do The Stock Market. Também imperdível é uma visita pela fábrica de cerveja que leva o mesmo nome do local.  

Como chegar?
Pegue em Downtown qualquer ônibus B-Line. Desça no primeiro ponto após o ônibus atravessar a ponte. A entrada da Granville Island fica embaixo da mesma ponte (Granville).

Leia mais – Granville Island

Link externo – http://www.granvilleisland.com

8 – Ver o pôr do sol na English Bay

A English Bay é a praia mais popular de Vancouver, localizada no cruzamento das ruas Denman e Davie. Nos finais de tarde, durante o Verão – quando escurece por volta das 10 da noite -, a praia fica lotada de gente para ver o belo pôr do sol com direito a vista para o mar do Pacífico.

Como chegar?

Pegue o ônibus “06 Davie” na rua Richards, que fica a um quarteirão da estação de metrô da Granville, o ponto mais central da cidade. Para mais detalhes, veja o seguinte link – http://www.translink.bc.ca/bus/48/routemap/r006.pdf

Link externo – http://englishbay.com/

9 – Subir a Grouse Mountain

A Grouse Mountain tem uma das mais belas vistas de Vancouver. Do topo da montanha pode se ver toda a cidade. Local ideal para se tirar uma bela foto de recordação. O acesso ao parque é feito por uma gôndola, que sobe mais de 300 metros de altura em poucos minutos. Outra opção para os mais aventureiros é subir a montanha a pé, por uma escada no meio da floresta com mais de 1 quilômetro de extensão.

Como chegar

Na estação Waterfront, em Downtown, pegue o SeaBus, barco de transporte público que faz a travessia entre Downtown e North Vancouver. Logo na saída do SeaBus há uma estação de ônibus. Pegue o ônibus número 236 (Grouse Mountain), cujo o ponto final é a entrada do parque. Veja mais detalhes no link a seguir – http://www.translink.bc.ca/bus/50/routemap/r236.pdf

Leia mais – Grouse Mountain

Link externo – http://www.grousemountain.com/Winter/

10 – Atravessar a ponte suspensa do Lynn Canyon Park

O Lynn Canyon Park fica em North Vancouver. Sua principal atração é uma ponte suspensa que atravessa um sinuoso cânion. A sensasão ao cruzar a ponte é de estar num filme de ação, no melhor estilo Indiana Jones. E o melhor de tudo: a entrada é gratuita (ao contrário do Capilano, parque que também tem uma ponte suspensa, mas cobra ingresso).  

Como chegar
Na estação Waterfront, em Downtown, pegue o SeaBus, barco de transporte público que faz a travessia entre Downtown e North Vancouver. Logo na saída do Sea Bus há uma estação de ônibus. Pegue o ônibus número 229 (Westlynn). Veja mais detalhes aqui – http://www.translink.bc.ca/bus/50/routemap/r229.pdf

Link externo – http://www.dnv.org/ecology/index.htm

Leia mais –  Guia do Bom e Barato